Tag: Santa Quitéria

Pinheiro é o primeiro semifinalista da Copa FMF

Igor Leonardo / Maranhão

O Pinheiro garantiu a vaga nas semifinais da Copa FMF com a vitória diante do MAC na noite desta segunda-feira. A terceira rodada também contou com as vitórias inéditas do São José e Bacabal e agora apenas o PAC segue como invicto do torneio.

Jogando no Castelão, o Pinheiro se impôs para garantir o triunfo e quebrar a invencibilidade do MAC. Diego Vitor, que chegou ao seu quinto gol na competição, e Junior marcaram para o PAC, enquanto Tibiri descontou para os atleticanos, que caem para o segundo lugar, com o time da Baixada assumindo a primeira colocação.

No domingo, foi a vez do São José golear o Cordino por 6 a 0. Filipe marcou duas vezes, enquanto Rodrigo, Paulo Victor, Marcel e Maurinho completaram o triunfo ribamarense. O Peixe saltou para a terceira colocação com quatro pontos.

O Bacabal também conseguiu sua primeira vitória, por 2 a 1 diante do Santa Quitéria. O Leão do Mearim assumiu o quarto lugar com quatro pontos, enquanto a Raposa caiu para o quinto lugar com dois pontos.

MAC assume a liderança, Pinheiro vence e mantém artilheiro na Copa FMF

Na segunda rodada da Copa FMF, MAC e Pinheiro repetiram suas vitórias da estreia, mas a equipe atleticana assumiu a liderança por causa do saldo de gols. O Santa Quitéria por sua vez empatou com o São José e pulou para a terceira colocação.

O MAC foi até o Correão encarar o Bacabal e goleou por 4 a 0. Maurício, com dois gols, foi o destaque da vitória, que contou com gols de Cleber Pereira e Matheus Rubens para garantir a goleada que colocou o time atleticano na primeira colocação da fase classificatória.

O Pinheiro foi até Barra do Corda e garantiu o segundo triunfo na competição. O PAC venceu por 2 a 0 com gols de Lentine e Diego Vitor, que chega aos quatro gols e lidera a artilharia da competição. No último jogo da rodada, o São José empatou com Santa Quitéria em 2 a 2, com Marciel e Filipe marcando para o time ribamarense, enquanto Deleon marcou um dos gols do empate da Raposa.

Na próxima rodada, MAC e Pinheiro fazem o duelo de líderes no Castelão, enquanto o Bacabal recebe o Santa Quitéria e o São José encara o Cordino. No momento, o G-4 conta com Maranhão, Pinheiro, Santa Quitéria e Cordino.

Pinheiro e MAC largam bem e São José será punido na Copa FMF

Igor Leonardo / Maranhão

Na primeira rodada da Copa FMF, Pinheiro e Maranhão confirmaram o favoritismo de véspera e, a priori, mostraram que serão as duas principais equipes na busca pela vaga na Série D de 2019. Com vitórias tranquilas, as equipes ocupam as duas primeiras colocações. Quem começou muito mal foi o São José, que além de ter perdido para o MAC, ainda será punido pela escalação de atletas irregulares.

O destaque da rodada ficou por conta da goleada do Pinheiro por 4 a 0 diante do Bacabal. O atacante Diego Vitor, recém-anunciado pelo Moto, marcou três gols na vitória, que ainda contou com um gol de Lentine. A curiosidade do jogo é que Lentine desperdiçou um pênalti e na sequência Diego Vitor aproveitou o rebote para garantir o triunfo com tranquilidade.

Ainda no interior, o Santa Quitéria empatou em 1 a 1 com o Cordino. Paulo Jânio abriu o placar para a Onça, mas a Raposa chegou ao empate com Gleyson Toquinho.

Fechando a rodada, o MAC ficou na expectativa para saber se entraria em campo contra o São José. A equipe atleticana conseguiu regularizar 13 jogadores, mas o Peixe Pedra contava com apenas um atleta inscrito no BID. Para evitar uma punição maior, o time foi a campo e perdeu por 3 a 0. O destaque da vitória do MAC foi o atacante Cleber Pereira, com dois gols, e Israel marcou uma vez.

Com a entrada em campo, o São José será denunciado no STJD e ainda perderá mais três pontos. Assim que confirmada a punição, a equipe ribamarense terá a pontuação corrigida na classificação. Na segunda rodada, o MAC encara o Bacabal, no interior, o Cordino recebe o Pinheiro e o Santa Quitéria joga diante do São José.

Clubes receberão R$ 795 mil no Campeonato Maranhense

O recurso de R$ 1,5 milhão liberado pela Lei de Incentivo ao Esporte para o Campeonato Maranhense conta com apenas R$ 795 mil destinado aos clubes, enquanto R$ 705 mil serão para a transmissão do Estadual. Dentre os times, o Sampaio receberá a maior cota com R$ 150 mil.

O Moto aparece em segundo na lista com direito a R$ 120 mil, seguido pelo trio formado por MAC, Cordino e Imperatriz, cada um com R$ 115 mil. Fecham a lista São José, Bacabal e Santa Quitéria com R$ 60 mil.

Em relação a 2017 o valor destinado para o Campeonato Maranhense sofreu uma redução de R$ 300 mil. No total, na temporada anterior foram R$ 1,8mi destinado ao Campeonato Maranhense, com rateio entre clubes, emissora e a FMF.

Imperatriz e Moto perto da classificação e mudanças no G-4 do Maranhense

A quinta rodada do Campeonato Maranhense deixou Imperatriz e Moto próximos da classificação, enquanto aumentou a concorrência com São José, MAC, Cordino e Sampaio por duas vagas para as semifinais. Com os seus triunfos do fim de semana, o Cavalo de Aço e o Rubro-Negro precisam apenas de mais uma vitória para selarem a vaga na próxima fase do Campeonato Maranhense.

Com Vinícius Saldanha no comando, o Imperatriz venceu o segundo jogo seguido para assumir a liderança do Campeonato Maranhense, com 10 pontos. Adauto, que marcou o segundo gol no triunfo contra o Sampaio, começou como titular e abriu caminho com mais um gol em sua segunda partida pelo Cavalo de Aço, sendo fundamental no triunfo por 3 a 1 diante do Santa Quitéria.

O Moto, único invicto do Campeonato Maranhense, quase se complicou diante do Bacabal. Chegou a ficar com um a menos após a expulsão de Everlan, mas Shailison marcou o gol do triunfo por 1 a 0 diante do Leão do Mearim. O alviazul e o Santa Quitéria estão isolados na briga contra o rebaixamento, com a Raposa na lanterna com apenas dois pontos.

No domingo, São José e Cordino ficaram no empate em 1 a 1. O Peixe Pedra segue no G-4 com oito pontos, enquanto a Onça caiu para a sexta colocação com seis pontos.

No clássico da rodada, o Maranhão venceu o Sampaio com um gol contra de Odair Lucas. Por causa do equilíbrio do torneio, o Tricolor, que acumulou sua segunda derrota seguida e começou a rodada na liderança, caiu para a quinta colocação com sete pontos. O MAC que estava em sexto conseguiu se recuperar e volta ao G-4, agora oito pontos.

As equipes que atingirem os 12 pontos garantem a classificação para as semifinais do Estadual. Apenas Imperatriz e Moto podem conseguir a vaga antecipada na penúltima rodada e precisam vencer seus jogos, respectivamente, contra MAC e Santa Quitéria, para alcançarem o objetivo.

Rodada do interior e mudança no G-4 no Campeonato Maranhense

A quarta rodada do Campeonato Maranhense foi excelente para os clubes do interior, com direito à quebra de invencibilidade do Sampaio, primeira vitória do Bacabal e a maior goleada do torneio aplicada pelo São José. Os resultados também promoveram mudanças no G-4, com o Peixe Pedra assumindo a vice-liderança e o MAC deixando a zona de classificação para a semifinal.

A goleada do São José por 4 a 0 diante do Santa Quitéria foi a maior do Campeonato Maranhense até o momento. O Peixe Pedra vence o segundo jogo seguido, deixando a quinta colocação e saltando para a vice-liderança com os mesmos sete pontos de Sampaio e Imperatriz, enquanto a Raposa fica na lanterna da competição com apenas dois pontos.

O Bacabal deixou a última posição do Estadual após conquistar a primeira vitória, por 1 a 0 diante do MAC, no Correão. Enquanto o Leão comemorou o início de reação no Campeonato Maranhense, o Quadricolor deixa o G-4, caindo da terceira colocação para o sexto lugar com cinco pontos, empatado com o Cordino.

O Sampaio segue na liderança, mas perdeu a invencibilidade diante do Imperatriz. Com a estreia do técnico Vinícius Saldanha, Kanu e Adauto marcaram os gols do triunfo por 2 a 0, no Frei Epifânio. O Alvirrubro sobe para a terceira posição com sete pontos, mas fica atrás do Tricolor e do São José por causa do saldo de gols.

Fechando a rodada, o Moto arrancou um empate em 2 a 2 com o Cordino. Ulisses marcou um dos gols do jogo, seguindo como artilheiro da Onça em 2018 com quatro gols na temporada. O resultado mantém o Rubro-Negro na zona de classificação, mas agora em quarto lugar com seis pontos, enquanto a Onça assume a quinta colocação com cinco pontos.

Campeonato Maranhense 2018

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1201162318126
V E V D V
2201155122139
V E E V D
3139342871
V V D E E
41293331114-3
E V D E D
51073131073
V D D D V
697232990
V E E V D
757124716-9
D D D D V
83710629-7
D V D D D

Santa Quitéria 1×3 Sampaio: artilheiro, Uilliam coloca o Tricolor na liderança

Uilliam seria poupado e saiu do banco para substituir Reginaldo Junior ainda no primeiro tempo. Mesmo sem jogar os 90 minutos, o atacante comandou o triunfo por 3 a 1 do Sampaio, marcando todos os gols da vitória do Tricolor, colocando a equipe na liderança do Campeonato Maranhense.

O atacante chega aos oito gols em seis jogos em 2018 superando os sete gols que marcou em toda a temporada de 2017, com 27 jogos disputados pelo Altos e no próprio Sampaio. No Campeonato Maranhense, além de colocar o Sampaio na liderança, o atacante é o artilheiro isolado com sete gols, cinco a mais do que todo os demais que estão na segunda colocação da lista de goleadores.

Para o Santa Quitéria a derrota deixa a equipe do interior como o principal candidato ao rebaixamento junto com o Bacabal. Os dois times são os únicos que ainda não venceram no Estadual, mas a Raposa já conta com dois pontos, enquanto o Leão do Mearim, na última colocação, perdeu todos seus jogos.

Rodada dos empates no Campeonato Maranhense

A rodada de abertura do Campeonato Maranhense (que ainda está pendente do confronto Sampaio x Bacabal) foi marcada pelos empates. Nos três jogos do torneio, todos terminaram com os placares igualados e um total de 10 gols anotados.

No primeiro jogo do Estadual, Jefferson Araújo e André Penalva, cada um com dois gols, definiram o empate em 2 a 2 entre Moto e Imperatriz. Um dado curioso é que no primeiro tempo, nos três chutes que foram na direção do gol, foram convertidos em gols.

No domingo, o MAC até começou bem contra o São José, com Cris e Válber abrindo o placar. O problema foi o péssimo jogo do goleiro Fábio, que cometeu um pênalti e ainda foi expulso após uma falta desnecessária fora da área. Tim Marco descontou para o Peixe Pedra e Diogo garantiu o empate para o Peixe Pedra no minuto final.

No outro jogo do fim de semana, Ulisses começou o Maranhense marcando o primeiro gol do Cordino. Assim como em São José de Ribamar, o Santa Quitéria empatou a partida aos 45 do segundo tempo com Clessione.

Jefferson (Moto) e André Penalva (Imperatriz) ficam como os artilheiros do torneio na rodada de abertura. Sampaio x Bacabal fecham os quatro primeiros jogos na terça-feira, às 20h30.

Sampaio e Moto vencem e Imperatriz perde em amistosos

O primeiro fim de semana de 2018 foi marcado por amistosos de pré-temporada das equipes maranhenses. No sábado, o Imperatriz perdeu para o Paragominas, enquanto Moto e Sampaio venceram seus jogos preparatórios no domingo.

No interior paraense, diante do Paragominas, João Neto selou a vitória dos donos da casa por 1 a 0 diante do Imperatriz. Na partida, Paulinho Kobaysahi escalou o Cavalo de Aço com Jean; Léo, Maycon, Tiago e Jefferson Abreu; Balão Marabá, Daniel Barros e Rubens; Manu, Kaká e Junior Chicão.

No domingo, em São Luís, o Moto começou o dia vencendo o Santa Quitéria com tranquilidade, por 3 a 0. Os gols do jogo foram marcados por Lucas Bacelar, André Mensalão e Robinho. O Rubro-Negro, escalado pelo técnico Marcinho Guerreiro foi escalado com Rodrigo Ramos; Diego Renan, Betão, Wanderson e Guilherme; Rafael Santos, Bruno Menezes, André Mensalão e Jailson; Ricardo Maranhão e Lucas Bacelar, enquanto o Santa Quitéria, comandado por Marquinhos Fumê contou com Laerte; Tiaguinho, Renato Felix, Leomar e Carneirinho; Clyton, Pelé, Marcelo Maia e Rodrigo Sá; Rogerinho e Toquinho.

Fechando a rodada de amistosos, o Sampaio venceu o River-PI por 1 a 0, no Albertão. Erickys marcou o gol da vitória Tricolor no segundo tempo. Comandado pelo técnico Francisco Diá, o Tubarão foi escalado com Andrey; Junio Rocha, Fredson, Maracás e James; César Sampaio, Yuri, Fernando Sobral, Marlon e Wellington Rato; Uilliam.

O Imperatriz deve anunciar mais um amistoso antes da estreia no Campeonato Maranhense, enquanto o Sampaio volta a encarar o River-PI, dessa vez em São Luís, na próxima quinta-feira. No sábado, MAC e Moto realizam um Maremoto amistoso, no Nhozinho Santos.

As novidades do Campeonato Maranhense de 2018

Nova fórmula, “fair play financeiro” e limite de inscrições. Essas são as principais novidades do Campeonato Maranhense de 2018. A fórmula, com turno único e sete jogos para cada time na fase de grupos, utilizará apenas 11 das 13 datas disponíveis para a Federação Maranhense realizar o Estadual. Serão três meses e definição rápida dos representantes maranhenses na Copa do Brasil e Copa do Nordeste de 2019 e do primeiro classificado para a Série D, já que o segundo será definido, inicialmente, em um seletivo entre outubro e dezembro.

Outra novidade para 2018 é a implementação do limite de inscrição para as equipes, equivalente ao modelo que foi adotado na Série C. Cada time poderá inscrever apenas 35 jogadores, sendo permitida a troca apenas de um goleiro. A principal inovação é o “fair play financeiro” dentro dos moldes que a CBF já trabalha no Campeonato Brasileiro, mas com os clubes sujeitos apenas a multa em caso de atraso de salários dos atletas.

Aqui vale ponderar que, se o clube atrasa o pagamento dos salários, dificilmente ele irá cumprir com o pagamento da multa. O ideal seria a punição esportiva, que chegou a ser colocada em votação, mas curiosamente, foi rejeitada pelos próprios clubes.

Para fechar, o Maranhão voltará a contar com um torneio no segundo semestre, que servirá como seletivo para a Série D. A competição não contará com o Sampaio e com a equipe classificada para a Série D pelo Estadual, além do rebaixado. O campeão da Segundinha, que será disputada em julho e agosto, se juntará aos outros cinco times, para buscar a segunda vaga maranhense na Série D de 2019.

É curioso que os clubes, no período da Copa União e Taça Cidade, sempre reclamaram da dificuldade financeira com um torneio similar ao Estadual no segundo semestre. Agora, os mesmos clubes, aprovam um torneio, que será opcional, nos mesmos moldes para o fim do ano. Será surpreendente se de fato a bola rolar e a competição acontecer normalmente, sem que ocorram murmúrios de algum time sobre a situação financeira. Neste caso, justiça seja feita, o MAC foi o único a votar contra a proposta.

Todas as decisões foram aprovadas pelos clubes em uma reunião que contou com a leitura e explicação de cada item do regulamento. Logo, os clubes, assim como a FMF, são responsáveis por todo o Campeonato Maranhense de 2018. Que a próxima temporada realmente tenha mais bola rolando e menos papel nos tribunais.