Tag: Dyego Sousa

Atacantes maranhenses em destaque no Campeonato Português

Dyego Sousa e Wenderson Galeno, ambos maranhenses, e com bom início na temporada 2018-19 no futebol português. Defendendo o Braga, Dyego é o artilheiro do Campeonato Português com cinco gols marcados, enquanto Galeno é o goleador do Rio Ave com quatro gols nos nove jogos iniciais da temporada.

Dyego está em sua segunda temporada no Braga e com apenas oito jogos já atingiu metade dos gols marcados em 2017-18, quando chegou ao clube após quatro anos no Marítimo. Na temporada anterior foram apenas 12 gols pelo Braga, igualando sua melhor marca no futebol português, de 2015-16.

Na temporada 2018-19, Dyego abriu sua contagem de gols marcando duas vezes na primeira rodada diante do Nacional. Na última segunda-feira, marcou o gol do triunfo por 1 a 0 diante do Sporting, que levou o Braga à vice-liderança do Campeonato Português.

Antes de chegar ao futebol português, o atacante foi revelado pelo Moto em 2004 e chegou a fazer testes na base do Palmeiras e do Nacional, de Portugal, mas sem ser aproveitado. Em 2009 voltou a defender o Rubro-Negro maranhense, antes de seguir para o Andraús e posteriormente o Operário-PR, seu último clube no Brasil.

Outro maranhense que tem um bom início na temporada do futebol português é o barra-cordense Wenderson Galeno, de 20 anos. Emprestado pelo Porto ao Rio Ave, o atacante tem uma multa de 40 mi e é um dos principais jogadores do clube da Ilha da Madeira. No Campeonato Português já são dois gols e duas assistências, além de ter marcado dois gols na fase qualificatória da Liga Europa, onde o Rio Ave caiu na segunda eliminatória. No total, são sete jogos, quatro gols e quatro assistências na temporada.

Natural de Barra do Corda, Galeno não atuou em nenhum clube maranhense antes de sair do Estado para defender o Trindade e o Grêmio Anápolis, antes de chegar ao Porto em 2016. Em 2017, com 19 anos, o atacante assinou contrato de cinco anos com os Dragões e teve as primeiras oportundiades no time principal, com quatro jogos disputados e um gol marcados.

Até o fim da temporada, Galeno seguirá no Rio Ave. Posteriormente, o destino natural, é o retorno ao Porto onde deve ser aproveitado, caso mantenha o bom rendimento do início da temporada.