Tag: Cordino

Ulisses e Junior Chicão na disputa da artilharia na Série D

Ulisses e Junior Chicão, respectivamente, artilheiros do Cordino e Imperatriz, estão na disputa de goleadores na Série D. Ulisses conta com cinco gols nos cinco jogos disputados até o momento, enquanto Junior Chicão aparece com quatro gols no torneio. A liderança dentre os jogadores é dividida por Lima, do Brusque, e Jailson, que trocou o Moto pelo Fluminense de Feira, ambos com seis gols.

Dentre os dois líderes na artilharia, Jailson apresenta uma regularidade maior, marcando gols em quatro jogos na primeira fase. Lima balançou as redes somente em duas partidas, mas os quatro gols diante do Mogi Mirim o garantem na liderança.

Ulisses só terá a chance de permanecer na disputa da artilharia a partir da segunda fase, já que está suspenso diante do Ferroviário. O atacante marcou os cinco gols nas quatro últimas partidas do Cordino, com três gols nos dois jogos contra o Interporto e dois diante do 4 de Julho, no Piauí.

Junior Chicão só balançou as redes nos dois últimos jogos pelo Imperatriz. O atacante marcou três gols na goleada por 4 a 0 diante do Guarani de Juazeiro e foi responsável pelo segundo gol na nova goleada por 4 a 0, dessa vez diante do Belo Jardim. Com o Cavalo de Aço praticamente garantido na próxima fase, o atacante tem boas chances de tentar ampliar sua marca na lista de goleadores do torneio.

Quem também aparece na lista de goleadores com quatro gols é o veterano Nonato. Aos 38 anos, o atacante é o artilheiro do Aparecidense na competição e balançou as redes em três partidas.

Confira a artilharia da Série D
6 gols – Lima (Brusque) e Jailson (Fluminense de Feira)
5 gols – Raí (São Raimundo-RR), Tiago Amaral (Uberlândia), Wesley (Caxias) e Ulisses (Cordino)
4 gols – Salatiel (Itabaiana), Marcus Vinícius (Americano-RJ), Nonato (Aparecidense) e Junior Chicão (Imperatriz)

Cordino vence e Moto perde a invencibilidade na Série D

Comandado por Ulisses, o Cordino venceu o Interporto na tarde deste domingo. O Moto sofreu sua primeira derrota na Série D e viu a decisão pela liderança do grupo ser adiada para a última rodada da fase de grupos.

No primeiro jogo da tarde, a Onça contou com dois gols de Ulisses para vencer  o Interporto por 2 a 1, que descontou com Warley. Com os dois gols marcados, Ulisses segue como o artilheiro da Onça na Série D com cinco gols e na temporada já balançou as redes sete vezes.

No outro jogo do grupo, Valdeci marcou o gol da vitória do Ferroviário por 1 a 0 diante do 4 de Julho. Com o resultado, os cearenses lideram o grupo A4 seguidos pela equipe de Barra do Corda. Dessa forma, na última rodada, a Onça precisa de uma vitória para avançar sem depender de outros resultados. Em caso de empate, aguardará a definição dos 15 melhores segundos colocados e em caso de derrota, terá que torcer para o 4 de Julho não vencer por quatro gols de diferença.

Série D 2018 – Grupo A4

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
195230752
E E V E V
285221642
E D V E V
35512224-2
V E D E D
44511368-2
D V D E D

No outro jogo da rodada, o Moto sofreu sua primeira derrota, de virada, por 3 a 2 diante do Sparta. Após os tocantinenses saírem na frente com Tardelly, o Rubro-Negro virou ainda no primeiro tempo com Diego Renan e Romerio. No segundo tempo, Jean empatou logo no primeiro minuto e Val Barreto marcou contra, o gol do triunfo dos donos da casa.

A derrota, combinada com a vitória do Altos diante do Assu, impediu o Moto de garantir a primeira colocação com uma rodada de antecedência. Com o triunfo dos piauienses, o Rubro-Negro precisa de um triunfo para garantir o primeiro lugar sem depender de outros resultados. Em caso de empate ou derrota na última rodada, o Moto terá que torcer para o Altos não vencer o Sparta na última rodada.

Série D 2018 – Grupo A5

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1105311532
V V V E D
285221422
E V D E V
35512256-1
E D D E V
44511325-3
D D V E D

Moto classificado, Imperatriz goleia e Cordino volta a empatar

A quarta rodada da Série D chega ao fim com o Moto como um dos classificados para a segunda fase. O Rubro-Negro é o único maranhense garantido na próxima fase, enquanto o Cordino segue em busca da liderança do grupo e o Imperatriz, enfim, venceu seu primeiro jogo na competição, com direito a goleada e três gols marcados por Junior Chicão.

O Moto foi o primeiro a entrar em campo. O Rubro-Negro ficou no empate sem gols com o Altos, o suficiente para chegar aos 10 pontos e garantir a vaga na segunda fase da Série D. A equipe comandada por Luís Miguel agora depende de dois pontos para garantir a classificação como líder da chave, já que Assu e Altos não podem chegar aos 12 pontos.

O Cordino voltou a empatar no Leandrão, dessa vez com o 4 de Julho. Com apenas cinco pontos, a Onça segue na segunda colocação do grupo A4, que dificilmente terá dois times avançando para a próxima fase, por causa da baixa pontuação. O Ferroviário lidera com seis pontos.

Fechando a rodada, o Imperatriz enfim venceu seu primeiro jogo na Série D, com direito a três gols de Junior Chicão. A goleada por 4 a 0 diante do Guarani de Juazeiro deixa o Cavalo de Aço na vice-liderança com seis pontos, dois a menos que o América-RN. Para avançar como um dos 15 melhores segundos colocados, nove pontos devem bastar para o Alvirrubro maranhense.

Na Série D, Moto lidera arrecadação de bilheteria no Maranhão

Entre os quatro clubes que seguem em atividade na temporada de 2018, o Moto lidera com folga o ranking de arrecadação líquida dos maranhenses na temporada. Com apenas sete jogos, considerando o Estadual e a Série D, o Rubro-Negro acumula R$ 114 mil de lucro somente com a realização dos jogos na temporada.

O Sampaio, mesmo com a disputa da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, tem acumulado na temporada apenas R$ 52 mil de lucro de bilheteria. O Imperatriz aparece com R$ 102 mil arrecadados e o Cordino tem prejuízo de R$ 26 mil.

O que causa espanto é quando considerado apenas a disputa da Série D e a Série B. O Moto levou 7258 torcedores pagantes nos dois jogos no Nhozinho Santos, enquanto o Sampaio, que teve que jogar a estreia contra o Coritiba com portões fechados, nos dois jogos seguintes em casa, contra Paysandu e CRB, levou 4.745 pagantes ao Castelão.

Números que impactam no lucro ao fim dos jogos. O Rubro-Negro soma renda líquida na Série D de R$ 64.085,90, enquanto o Tricolor acumula um prejuízo de R$ 12.231,34. Imperatriz e Cordino realizaram apenas um jogo em casa, com o Cavalo de Aço arrecadando R$ 10.242,16 e a Onça acumulando prejuízo de R$ 5.097,31.

Um dado negativo no levantamento é que ainda não houve um público superior a 10 mil pagantes na temporada no futebol maranhense. Para ultrapassar essa marca, o Sampaio aposta na promoção com ingressos a partir de R$ 5 para o confronto contra o Vitória nas quartas de final da Copa do Nordeste.

Para fechar, vale destacar que entre os cinco maiores públicos pagantes da temporada, o Sampaio aparece três vezes, com o recorde contra a Ponte Preta com 9923 torcedores e o Moto na terceira colocação com 4159 torcedores diante do Sparta. O Superclássico disputado no Campeonato Maranhense, considerado como campo neutro, fica na quarta colcoação com 4064 pagantes.

Os cinco maiores públicos do futebol maranhense em 2018
Sampaio 0x0 Ponte Preta – Copa do Brasil – 9.923
Sampaio 1×0 Paraná – Copa do Brasil – 4.448
Moto 1×0 Sparta – Série D – 4.159
Sampaio 1×1 M0to – Maranhense – 4.064
Sampaio 1×1 Paysandu – Série B – 3.306

As arrecadações dos Maranhenses no Brasileiro
1º Moto R$ 64.085,90
2º Imperatriz R$ 10.242,16
3º Cordino – R$ 5.097,31
4º Sampaio – R$ 12.231,84

Maranhenses dependem apenas de si na Série D

O Moto está praticamente classificado para a segunda fase, enquanto Cordino e Imperatriz terão dois confrontos decisivos em casa para ficar entre os classificados de seus grupos. A tabela é favorável para as duas equipes do interior, que terão o apoio de suas torcidas nos confrontos decisivos, antes da última rodada da fase de grupos.

O Moto, com nove pontos, está praticamente classificado. Para selar a vaga na segunda fase, o Rubro-Negro depende apenas de um empate com o Altos na próxima rodada. Com isso, os comandados de Luís Miguel chegam aos 10 pontos e não teria como ser ultrapassado, simultaneamente, pelos piauienses e o Assu, pois há o confronto direto entre as equipes.

O Cordino, depois de sua inédita vitória fora de casa, contará com os confrontos direto contra 4 de Julho e Interporto, em casa. Caso some duas vitórias, chegará aos 10 pontos, suficientes para garantir a classificação para a segunda fase. Se tropeçar em um desses jogos, a situação ficará complicada, já que na última rodada terá pela frente o Ferroviário, no Ceará.

Fechando a situação dos maranhenses está o Imperatriz, que é quem vive um momento mais complicado. Com os três empates na competição, o Cavalo de Aço tem a obrigação de vencer o Guarani de Juazeiro e o Belo Jardim, em casa. Neste caso, a classificação fica encaminhada, garantindo nove pontos serão suficientes para garantir uma vaga, minimamente, entre os 15 melhores segundos da Série D.

Moto 100%, Cordino reage e Imperatriz tropeça na Série D

Lucas Almeida / L17 Comunicação

O fim de semana termina com o Moto próximo da classificação para a segunda fase da Série D, o Cordino ganhando forças para lutar por uma classificação, enquanto o Imperatriz tropeça fora de casa. O Rubro-Negro agora depende apenas da conquista de mais um ponto nos próximos três jogos para garantir a vaga na próxima fase, enquanto a Onça e o Cavalo de Aço veem seus grupos totalmente equilibrados, onde qualquer um pode entrar na zona de classificação.

No confronto de líderes, o Moto venceu o Altos por 1 a 0 com gol de Victor Salvador. Após os piauienses terminarem o primeiro tempo melhor, o Rubro-Negro foi superior na etapa final, principalmente com os lances de bola parada.

Com a vitória do Assu por 2 a 1 diante do Sparta, o Moto ainda não está classificado para a segunda fase. Dentre as equipes com 100% de aproveitamento nos três jogos iniciais, o Rubro-Negro é o único que ainda não sofreu gols.

Série D 2018 – Grupo A5

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1105311532
V V V E D
285221422
E V D E V
35512256-1
E D D E V
44511325-3
D D V E D

Jogando em Teresina, o Cordino contou com dois gols de Ulisses para vencer o 4 de Julho por 2 a 0. O triunfo é histórico, pois foi o primeiro da Onça fora do Maranhão. Como o Ferroviário venceu o Interporto por 3 a 2, a equipe de Barra do Corda entra na zona de classificação para a segunda fase.

Série D 2018 – Grupo A4

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
195230752
E E V E V
285221642
E D V E V
35512224-2
V E D E D
44511368-2
D V D E D

No interior cearense, o Imperatriz tropeçou e ficou no empate em 1 a 1 com o Guarani de Juazeiro. No outro jogo da rodada, que foi disputado no sábado, o América-RN empatou sem gols com o Belo Jardim, no interior pernambucano.

A combinação de resultados deixa o Cavalo de Aço empatado com três pontos com o Belo Jardim, mas a equipe maranhense fica na terceira colocação da chave.

Série D 2018 – Grupo A6

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1115320954
E V E V V
295230918
E E E V V
335032511-6
E E E D D
425023713-6
E D E D D

Moto vence a segunda, Imperatriz volta a empatar e Cordino perde

Lucas Almeida / L17 Comunicação

A segunda rodada foi mediana para os clubes maranhenses. Enquanto o Moto segue na liderança do grupo A com a vitória diante do Sparta, o Imperatriz parou no goleiro Evandrízio no empate com o Belo Jardim, o Cordino perdeu por 2 a 1 para o Interporto.

O primeiro a entrar em campo foi o Moto, que fez um jogo dominante contra o Sparta, principalmente no primeiro tempo. O gol de Wanderson aos 44 foi o único da partida. O segundo tempo foi marcado pelas chances perdidas pelo Rubro-Negro, que fechou o jogo com 13 finalizações erradas em 21 tentativas no total.

As chances perdidas não fizeram falta porque Rodrigo Ramos apareceu bem quando foi exigido e Tardelly perdeu a melhor chance dos visitantes. O triunfo mantém o Rubro-Negro na liderança do grupo A5, onde enfrentará o Altos, que venceu o Assu, na próxima rodada. Maranhenses e piauienses estão na zona de classificação da chave.

Série D 2018 – Grupo A5

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1105311532
V V V E D
285221422
E V D E V
35512256-1
E D D E V
44511325-3
D D V E D

Em General Sampaio, o Cordino até tentou segurar o Interporto. Marcos Paullo abriu o placar para os donos da casa, Ulisses empatou, mas Paganele garantiu o triunfo dos donos da casa. A Onça segue sem vencer um jogo fora do Maranhão em sua quinta partida nacional.

O resultado deixa o Cordino na lanterna do grupo, pois 4 de Julho e Ferroviário empataram em 1 a 1 no sábado. O time de Barra do Corda volta a jogar fora de casa na próxima rodada, quando encara o 4 de Julho, no Albertão.

Série D 2018 – Grupo A4

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
195230752
E E V E V
285221642
E D V E V
35512224-2
V E D E D
44511368-2
D V D E D

Fechando a rodada dos maranhenses, o Imperatriz voltou a empatar sem gols, dessa vez contra o Belo Jardim. A rodada do grupo A6 será concluída apenas na terça-feira, quando Guarani de Juazeiro recebe o América-RN. O Cavalo de Aço conta com dois pontos em dois jogos realizados.

Série D 2018 – Grupo A6

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1115320954
E V E V V
295230918
E E E V V
335032511-6
E E E D D
425023713-6
E D E D D

Moto estreia com vitória, e Cordino empata em casa na Série D

Na estreia dos maranhenses na Série D, o Moto largou com vitória e o Cordino estreou com empate em casa. O resultado deixa o Rubro-Negro na liderança do grupo A5, enquanto a Onça divide a segunda colocação da chave com o Ferroviário. O Imperatriz fecha a rodada dos maranhenses na segunda-feira, diante do América-RN, no Frei Epifânio.

No primeiro jogo da tarde, o Cordino fez um jogo equilibrado contra o Ferroviário. Jocivan, em seu retorno ao time de Barra do Corda, marcou para os donos da casa ainda no primeiro tempo. O time cearense chegou ao empate com Marcelo Bispo na etapa final.

Série D 2018 – Grupo A4

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
195230752
E E V E V
285221642
E D V E V
35512224-2
V E D E D
44511368-2
D V D E D

No outro jogo do grupo A4, o 4 de Julho venceu o Interporto por 1 a 0. No grupo A5, o Altos ficou no empate em 1 a 1 com o Sparta, no interior tocantinense. O resultado foi perfeito para o Moto.

Quando a bola rolou no Edgarzão, o Rubro-Negro enfrentou dificuldades diante do Assu, com Romeu e Anthony levando perigo para Rodrigo Ramos. No segundo tempo, Ricardo Maranhão anotou o gol da vitória do Moto. Foi o terceiro do atacante na temporada.

Série D 2018 – Grupo A5

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1105311532
V V V E D
285221422
E V D E V
35512256-1
E D D E V
44511325-3
D D V E D

No grupo A6, onde está o Imperatriz, o Guarani de Juazeiro ficou no empate com o Belo Jardim em um jogo de seis gols. Ila colocou o Leão do Mercado na frente e Vandinho empatou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Fabinho e Ila abriram vantagem para os cearenses, mas Raniel e Jean garantiram o empate para o time do interior pernambucano.

Cordino tem o grupo mais difícil entre os maranhenses na Série D

Após terminar o Campeonato Maranhense na sexta colocação, o Cordino terá agora pela frente a disputa de sua segunda Série D. Pela situação da equipe de Barra do Corda, que perdeu o lateral-direito Michel e o atacante Jonas, é o grupo mais difícil dentre os maranhenses na Série D.

O primeiro adversário será o Ferroviário, que avançou até a segunda fase do Campeonato Cearense e, apesar da lanterna no seu grupo na Copa do Nordeste, conseguiu uma classificação histórica até à quarta fase da Copa do Brasil. Para a Série D, o Tubarão da Barra chega sob o comando do técnico Maurílio Silva e bem reforçado, com destaque para o volante Robson Simplício e o atacante Edson Carius, um dos artilheiros do Campeonato Cearense com nove gols marcados pelo Floresta.

Na sequência a Onça terá pela frente o Interporto, que tem um bom começo no Campeonato Tocantinense, onde está invicto com duas vitórias e três empates. Para a Série D, a equipe de Porto Nacional conta com o reforço do lateral-direito Denilson, um dos destaques do MAC no Maranhense, e o meia Marcos Paullo, que retorna ao clube tocantinense após quatro anos e acumulando um acesso para a Série C com o Moto em 2016.

Fechando a lista de adversários está o 4 de Julho, que foi eliminado pelo Altos na semifinal do Campeonato Piauiense. Sob o comando de Jorge Pinheiro, o Colorado conta com destaques como o atacante Raphael Freitas, artilheiro do time com sete gols, ao lado de Ted, que balançou as redes quatro vezes.

O Cordino apostará principalmente nos gols de Ulisses para tentar surpreender na Série D. O atacante é o artilheiro da equipe com sete gols na temporada. Além de tentar ter um bom desempenho dentro de campo, a Onça precisará superar os problemas fora das quatro linhas, como salários atrasados e os jogos de portões fechados por falta de laudos do estádio Leandrão.

A equipe comandada por Marlon Cutrim chega sem perspectiva para avançar de fase. Em torneios nacionais, a Onça perdeu os quatro jogos realizados fora de casa e tentará manter a força em seus domínios, apesar da ausência da torcida.

A preocupante preparação do Cordino para a Série D

Na contagem regressiva para disputar sua segunda Série D, o Cordino teve uma fase de preparação bem conturbada. Curiosamente no ano em que mais arrecadou, com R$ 870 mil originados da participação na Copa do Brasi (R$ 500 mil), pré-Copa do Nordeste (R$ 250 mil) e Estadual (R$ 120 mil), a equipe de Barra do Corda esteve longe de investir com força e não inspira confiança para voltar a disputar a Série D.

No período de preparação, enquanto Moto e Imperatriz devem contar com até seis novos jogadores, o Cordino contratou apenas três, com destaque para o goleiro Pablo, de 35 anos, aparece como o principal reforço. O experiente camisa 1 terá a missão de substituir Flávio Henrique e Alberto, que alternaram no gol da Onça durante os primeiros meses da temporada.

Conhecido no futebol maranhense, por passagens pelo Moto, MAC, Santa Quitéria, entre outras equipes, Pablo chega após disputar o Campeonato Amazonense pelo Rio Negro-AM, onde sofreu nove gols em cinco jogos. Completando a lista de reforços está o zagueiro Jhonatan, de volta ao Cordino, e o jovem Pedro Igor, de 21 anos, que disputou três jogos pelo Bacabal, mas sem marcar gols.

Durante a preparação, a Onça perdeu o lateral Michel e correu risco de perder os atacante Ulisses e Jonas, que despertaram o interesse de Imperatriz e Moto. Aos 34 anos, Ulisses entrará novamente na competição como a referência da Onça, onde já marcou sete gols em oito jogos na temporada.

No meio de tudo isso, ainda há o problema com salários atrasados e nenhum jogador regularizado para a Série D no momento. O cenário do Cordino é de incertezas e se as coisas não melhorarem, a Onça entra como candidata a saco de pancadas do grupo A4 que conta com Ferroviário, Interporto e 4 de Julho, todos com boas campanhas em seus estaduais e elencos bem arrumados para a Série D.