Moto conta com cinco reforços para 2019

Depois da contratação do técnico Wallace Lemos, o Moto começa a ter uma definição da base do elenco para a temporada de 2019. Até o momento o Rubro-Negro tem 11 jogadores acertados, dos quais cinco serão novidades para o clube que defenderá o título do Campeonato Maranhense e voltará a disputar a Copa do Nordeste e Copa do Brasil.

Dentre os reforços, no gol Rodolfo e Vitor chegam para disputar a titularidada no Rubro-Negro. Vitor chega com relativa vantagem diante de Rodolfo, pois foi titular do River-PI em boa parte da temporada, com 11 jogos disputados sob o comando do técnico Wallace Lemos, onde foi eleito o melhor goleiro do Campeonato Piauiense.

Rodolfo terá uma dificuldade a mais para superar após passar uma temporada sem jogar pelo Guarani. Relacionado em alguns jogos durante o Paulistão e a Série B no banco de reservas, o goleiro não joga desde outubro de 2017, quando defendia o Atlético-MG B na Terceira Divisão mineira. O goleiro ainda conta com uma passagem pelo futebol português, onde defendeu o Atlético Viseu na II Liga e sofreu 44 gols em 34 jogos.

Na defesa aparece mais um ex-River-PI, com o zagueiro Lucas Dias, com três jogos disputados na equipe piauiense e um gol marcado. O defensor de 23 anos reencontra o técnico Wallace Lemos no Moto. A outra novidade na zaga é o zagueiro Alisson, que disputou apenas quatro jogos pelo Joinville na Série C, além de nove partidas durante o Campeonato Catarinense.

Fechando a primeira leva de reforços do Moto está o experiente Juninho Arcando, de 35 anos. Revelado pelo Atlético-MG em 2002 e com passagem na Seleção Brasileira sub-20, nas últimas temporadas o meia teve passagens discretas pelo ASA, Patrocinense, Macaé e Remo. Pelo ASA, em 2018, disputou apenas três jogos durante a Série D e foi titular no Patrocinense durante o Campeonato Mineiro.

Além das novas contratações, o Moto já conta com a confirmação do goleiro Solano, o lateral-direito Diego Renan, os volantes Rafael Santos e Victor Salvador e os atacantes Márcio Diogo e Ricardo Maranhão. Destes, somente Solano não foi titular regular durante a temporada de 2018.

Posts relacionados

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*