Por causa de calendário e cotas, Bahia pode deixar o Nordestão

O Bahia pode ser a segunda equipe a abandonar a Copa do Nordeste. O Tricolor baiano entregou um ofício à CBF pedindo para confirmar a participação no torneio apenas em dezembro e teve o pedido aceito. Além disso, o clube não contará com representantes no sorteio dos grupos, na próxima quinta-feira em Maceió.

Assim como o Sport, que não participa do Nordestão desde 2018, uma das críticas da diretoria do Bahia é sobre os valores das cotas de participação. Em 2019, o time da Boa Terra receberá R$ 1,9mi, assim como Vitória, Santa Cruz e Ceará.

Outro ponto que preocupa o clube é a provável queda de visibilidade da competição, por causa do fim dos canais Esporte Interativo. O presidente Guilherme Bellintani também coloca como uma preocupação o excesso de jogos que o Tricolor terá em 2019, caso confirme a vaga na Sul-Americana, o que lhe daria quatro torneios somente no primeiro semestre.

Vice-campeão em 2018, perdendo para o Sampaio na decisão, o Bahia arrecadou com cotas e premiações R$ 2 milhões no Nordestão. Em um comparativo com o Campeonato Baiano, o Tricolor recebeu no regional quase três vezes mais do que o torneio local, que teve uma cota de apenas R$ 850 mil.

Posts relacionados

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*