Oeste 0x0 Sampaio: Tricolor domina, peca nas finalizações e fica no empate

Um jogo de ataque contra defesa no primeiro tempo, um pouco mais equilibrado na etapa final e sem gols no fim das contas. O empate diante do Oeste mantém o Sampaio em situação complicada na Série B, a seis pontos do Juventude, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Tamanho controle do Sampaio foi refletido nos números do jogo, com o time maranhense fechando a partida com 64% de posse e incríveis 20 finalizações. O problema foi a pontaria, onde as oportunidades criadas apenas três foram finalizadas na direção do gol, obrigando o goleiro Tadeu a fazer boas defesas.

Contra um Oeste apostando nos contra-ataques desde o início do jogo, faltou ao Sampaio qualidade na pontaria. Somente no primeiro tempo, o Tricolor fechou os 45 minutos com 67% de posse e 13 finalizações, mas apenas um dos chutes foi na direção do gol, forçando o goleiro Tadeu a fazer boa defesa. Sobral e Luis Gustavo eram fundamentais nas oportunidades criadas pela direita, enquanto João Paullo tentava ajudar pela esquerda, mas acumulou mais erros do que acertos.

Eloir e Luis Gustavo fizeram uma partida a parte, como dois dos melhores jogadores do Tricolor. Principalmente no primeiro tempo, Luis Gustavo fechava a lateral e também tentava buscar o jogo por dentro nas saídas de bola. Eloir, diferente de partiads anteriores, conseguiu criar boas oportunidades para os companheiros e acabou perdendo três chances claras de gol, das quais duas foram para fora e outra parou na trave do goleiro Tadeu.

Se o primeiro tempo foi de domínio total do Sampaio, a história mudou na etapa final. Com dificuldade para invadir a área do Tricolor, o Rubrão chegava principalmente com finalizações de fora da área, deixando Andrey aparecer com boas defesas. Mesmo com menos posse, apenas 37% no segundo tempo, o Oeste fechou os 45 minutos finais com 10 finalizações contra cinco do time maranhense, mas ninguém conseguiu balançar as redes na Arena Barueri.

Posts relacionados

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*