Bahia 0x0 Sampaio: consistência defensiva garante título inédito do Nordestão ao Sampaio

Lucas Almeida / L17 Comunicação

Vitória por 1 a 0 na ida e empate sem gols na volta foram suficientes para o Sampaio garantir o título inédito da Copa do Nordeste. Uma campanha que foi marcada, principalmente pelo triunfo por 3 a 0 diante do Vitória nas quartas de final, a consistência defensiva do time maranhense foi crucial para garantir um lugar na história do Nordestão.

O Tricolor volta a conquistar um título regional após 20 anos, quando foi campeão da Copa Norte em 1998. No Nordestão, em sua quarta participação, o Tricolor, além de fazer a melhor campanha de toda sua história, surpreendeu após chegar pela primeira vez na segunda fase e derrubar cada adversário a partir dali.

A bola parada e a consistência defensiva foram cruciais nos dois jogos da final. Na ida, foi com um escanteio logo aos dois minutos que saiu o único gol do jogo. Na partida de volta, além da segurança da dupla de zagueiros, Andrey fez um grande jogo, sendo fundamental para garantir o empate sem gols.

Na fase decisiva da Copa do Nordeste, dos seis gols marcados pelo Sampaio, cinco gols foram originados em lances de bola parada. No jogo deste domingo contra o Bahia, a segurança de William Oliveira na frente da zaga e o apoio defensivo de João Paulo na direita, para bloquear os avanços de Élber pelo setor, foi fundamental.

O Bahia, apesar de ter um time mais ofensivo, com Élber, Regis, Zé Rafael e Edigar Junio, parou na defesa boliviana e na falta de criatividade baiana. As jogadas eram exclusivamente pela lateral do campo, em busca de cruzamentos, ou na tentativa da bola parada, dependendo de Régis, que só conseguiu assustar Andrey em uma oportunidade.

Posts relacionados

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*