Uruguai 2×1 Portugal: Cavani leva uruguaios para as quartas e celeste sofre o primeiro gol

FIFA/FIFA via Getty Images

Uruguai justificou o fato de ter a melhor defesa da Copa até agora. Apesar de Portugal conseguir furar a parede celeste, Cavani, em uma partida, inspirada, marcou duas vezes para garantir os comandados de Oscar Tabarez nas quartas de final diante da França.

O primeiro gol uruguaio foi uma aula de passes longos de Cavani e Suarez. A dobradinha resultou no cabeceio do camisa 21 para abrir o placar. Com a vantagem, naturalmente o jogo caiu de ritmo e foi a vez de Laxalt, com desarmes precisos pela esquerda, começar a se destacar ajudando o sistema defensivo uruguaio, que seguiu contando com atuação segura de Godin e Gimenez.

Portugal voltou para o segundo tempo e sobrecarregou o ataque. Nas 12 tentativas, uma delas achou Pepe, depois de uma rara bola que não foi cortada pela zaga uruguaia no alto. O zagueiro luso-brasileiro empatou o jogo. O problema é que do outro lado estava Cavani. Uma bola lançada de Betancur encontrou o camisa 21, que acertou um golaço para garantir o triunfo uruguaio, antes de sair lesionado.

Portugal pressionou, mas faltou pontaria. Se conseguiu fechar o primeiro tempo com 12 chutes a gol, destes apenas três foram na direção de Muslera. Laxalt foi fundamental na defesa uruguaia, fechando o jogo como o atleta que mais roubou bolas, com cinco desarmes. Uma classificação com o estilo uruguaio de jogar.

Posts relacionados

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*