Dia: 18 de maio de 2018

Moto precisa melhorar o ataque na Série D

Líder do grupo A5 com 10 pontos, mas apenas três gols marcados nos quatro jogos disputados. O Moto caminha com tranquilidade para a segunda fase da Série D, mas para sonhar com voos mais altos na competição e o retorno à Série C, precisa melhorar o rendimento ofensivo no torneio.

Depois de fechar o Campeonato Maranhense com 22 gols marcados em 11 jogos, a média de gols do Rubro-Negro na Série D caiu de 2 gols por jogo para 0,75 com os resultados até a quarta rodada. Dos quatro jogos disputados, a partida onde ficou evidente a queda do setor ofensivo foi diante do Sparta, com o triunfo por apenas 1 a 0 e uma série de finalizações erradas.

Considerando os jogos em casa, contra os tocantinenses e o Altos, o Moto acumula 13 finalizações certas e 17 erradas. Nesses 180 minutos, foram 30 chutes e apenas um gol marcado. O aproveitamento ofensivo precisa melhorar com urgência.

Nesses dois jogos, Val Barreto reapareceu no time titular apenas contra o Altos. Na Série D, na quinta rodada, diante do Sparta, pela primeira vez o Moto contará com seus dois principais artilheiros da temporada em campo na Série D: Ricardo Maranhão com três gols e Val Barreto com seis.

Enquanto o ataque não funciona com perfeição, a defesa do Moto segue intacta. São 360 minutos sem sofrer um gol no torneio, marca dividida com o Iporá e o Linense na competição.