Dia: 14 de maio de 2018

Tite convoca Seleção Brasileira para a Copa do Mundo

Talvez Geromel seja a maior “surpresa” na lista final de Tite para a Copa do Mundo. Até a convocação final para a Copa do Mundo, o defensor foi chamado apenas três vezes e fez dois jogos, enquanto Rodrigo Caio aparecia com seis convocações e três jogos. Geromel tem uma convocação merecida para a Copa do Mundo e chegou ao auge de sua carreira próximo do Mundial, enquanto Rodrigo teve uma queda de rendimento, assim como Gil, que já tinha perdido espaço na Seleção.

Para o lugar de Daniel Alves, ausente por causa de uma lesão no joelho, Fágner ganhou a vaga na lateral-direita, onde disputará a titularidade com Danilo. O lateral corintiano levou a melhor na disputa com Rafinha, que teve apenas uma convocação. Na esquerda, Filipe Luís, que se recuperou de uma lesão no início de maio, foi confirmado na Copa, deixando Alex Sandro fora da lista final.

Do meio-campo para o ataque não houver surpresas. A maior contestação é Taison, do Shakhtar Donetsk, que na análise de Tite, conta com a versatilidade como principal fator para a convocação.

– Ele tem 80 jogos entre Champions e Europa League. Ele traz a versatilidade para jogar por dentro e por fora. A ideia é ter o Coutinho fazendo a função que tem, mas também jogando como meia-central. A versatilidade do Coutinho também traz o Taison.

Antes da Copa, a Seleção Brasileira fará dois amistosos, contra a Croácia e Áustria, respectivamente, nos dias, 3 e 10 de junho. A estreia na Copa do Mundo será no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rosov-on-Don.

A convocação da Seleção
Goleiros: Alisson, Ederson e Cássio.
Laterais: Danilo, Fagner, Marcelo e Filipe Luís.
Zagueiros: Miranda, Marquinhos, Thiago Silva e Geromel.
Meio-campistas: Casemiro, Fernandinho, Paulinho, Renato Augusto, Fred, Philippe Coutinho
Atacantes: Willian, Neymar, Douglas Costa, Gabriel Jesus, Roberto Firmino e Taison.

Junior Chicão marca três gols em um jogo pela primeira vez na carreira

Autor de três dos quatro gols do Imperatriz na goleada por 4 a 0 diante do Guarani de Juazeiro, Junior Chicão realizou um hat trick pela primeira vez na sua carreira. Aos 31 anos, o atacante acumula 215 partidas na carreira e 82 gols marcados desde que foi revelado pelo Bacabal na Copa União de 2010.

Além de ser o primeiro jogo com três gols do atacante na carreira, o confronto contra o Guarani de Juazeiro encerrou um jejum de 50 dias sem balançar as redes. Até então, o atacante havia marcado apenas um gol na temporada, na goleada por 4 a 0 diante do São José na semifinal do Campeonato Maranhense.

Outro jejum derrubado pelo atacante foi a seca de gols em torneios nacionais. A última vez que Junior Chicão marcou um gol na Série D foi em agosto de 2015, quando o Imperatriz perdeu por 3 a 2 diante do Santos-AP. Deste então o atacante entrou em campo 14 vezes no torneio, defendendo Murici e Campinense, mas sem balançar as redes.

Nome
Junior Chicão
Nacionalidade
bra Brasil
Posição
Atacante
Time Atual
Juventude-MA
Times Anteriores
Imperatriz
Aniversário
22 de dezembro de 1986
Idade
31