Dia: 22 de abril de 2018

Moto estreia com vitória, e Cordino empata em casa na Série D

Na estreia dos maranhenses na Série D, o Moto largou com vitória e o Cordino estreou com empate em casa. O resultado deixa o Rubro-Negro na liderança do grupo A5, enquanto a Onça divide a segunda colocação da chave com o Ferroviário. O Imperatriz fecha a rodada dos maranhenses na segunda-feira, diante do América-RN, no Frei Epifânio.

No primeiro jogo da tarde, o Cordino fez um jogo equilibrado contra o Ferroviário. Jocivan, em seu retorno ao time de Barra do Corda, marcou para os donos da casa ainda no primeiro tempo. O time cearense chegou ao empate com Marcelo Bispo na etapa final.

Série D 2018 – Grupo A4

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
11483501183
E V E E V
2108242981
E V E E D
36613235-2
E D E D E
45612379-2
V D E D E

No outro jogo do grupo A4, o 4 de Julho venceu o Interporto por 1 a 0. No grupo A5, o Altos ficou no empate em 1 a 1 com o Sparta, no interior tocantinense. O resultado foi perfeito para o Moto.

Quando a bola rolou no Edgarzão, o Rubro-Negro enfrentou dificuldades diante do Assu, com Romeu e Anthony levando perigo para Rodrigo Ramos. No segundo tempo, Ricardo Maranhão anotou o gol da vitória do Moto. Foi o terceiro do atacante na temporada.

Série D 2018 – Grupo A5

PosClubePtsPVEDGPGSSGForma
1191061314104
V V V D D
2116321734
V D E V V
35612369-3
D D E V D
44611426-4
D V E D D

No grupo A6, onde está o Imperatriz, o Guarani de Juazeiro ficou no empate com o Belo Jardim em um jogo de seis gols. Ila colocou o Leão do Mercado na frente e Vandinho empatou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Fabinho e Ila abriram vantagem para os cearenses, mas Raniel e Jean garantiram o empate para o time do interior pernambucano.

Antônio Américo garante uma década no comando da FMF

Atual presidente da Federação Maranhense de Futebol, Antônio Américo completará uma década no comando da entidade em 2021, penúltimo ano do seu próximo mandato. Na manhã deste domingo, o cartola foi reeleito pela segunda vez para continuar à frente da FMF.

Américo chegou à FMF em 2011, nomeado interventor da entidade no fim de setembro, após o afastamento do presidente Alberto Ferreira. A intervenção, que era de seis meses, durou apenas três meses, pois em janeiro de 2012 foi aclamado presidente da entidade para completar os dois anos pendentes do mandato do presidente afastado. Na época apenas o Moto, presidido por Sarney Neto, não votou por não concordar com o processo eleitoral.

Em 2014, Américo foi reeleito, garantido presença no cargo até o fim de 2018. Agora, no último ano do seu atual mandato, é reeleito para o mandato de 2019 a 2022, garantindo a presença no comando do futebol maranhense por uma década. Na eleição deste domingo, o MAC não votou por não concordar com o sistema de votação e o Moto não enviou representante.

Desde que chegou na Federação Maranhense, Américo adequou o calendário do Campeonato Maranhense com os demais torneios do país. A partir de 2012 o Estadual começou no fim de janeiro e em 2014 passou a ter a conclusão no mês de abril, assim como nos principais Estados. O ano de 2014 também foi marcado pelo início da transmissão do Estadual por emissoras de TV locais, algo que não ocorria desde o início dos anos 2000, quando a TV Mirante realizou a transmissão das competições.

O período também é marcado por polêmicas, com a principal delas no triênio 2016-18, por causa da Lei de Incentivo ao Esporte. Como o contrato firmado com as TVs não são abertos, a reclamação dos clubes é que dos R$ 5 milhões repassados no período (R$ 1,8 mi em 2016 e 2017 e R$ 1,5 mi em 2018), apenas R$ 2,5 milhões foram rateados entre as equipes.