Primeira meta do Sampaio é se manter na Série B

De volta à Série B após um ano na Série C, o Sampaio precisa entrar na competição com o foco na permanência para 2019. Com um elenco extremamente jovem, média de apenas 24,5 anos, o Tricolor naturalmente sonha em surpreender, mas antes de pensar em voos mais altos precisa chegar aos 45 pontos, que historicamente, garantem a permanência entre os 40 melhores clubes do Brasil.

Um dos principais adversários do Sampaio na competição deverá ser o elenco. Apesar dos reforços contratados, o time comandado por Francisco Diá tem uma boa equipe titular, mas que cai de nível quando exige a rotação do time. Dentre os possíveis reservas na Série B, o meio-campo é o setor onde o equilíbrio é maior, com a presença de César Sampaio, Silva e Fernando Sobral como opções quando algum dos titulares não estiverem disponíveis.

A eliminação no Campeonato Maranhense serve como um alerta para a sequência da Série B. Além disso, Diá terá que lidar com a maratona de jogos logo no primeiro mês de competição. Com a participação da equipe no pré-Nordestão serão sete jogos em 21 dias, com duas viagens desgastantes para Campinas (Guarani x Sampaio, 2ª rodada) e Goiânia (Vila Nova x Sampaio, 3ª rodada).

O Sampaio também precisa voltar a fazer o ataque funcionar. O último gol do Tricolor foi no dia 11 de março, quando perdeu por 2 a 1 para o Ceará, desde então são três jogos sem marcar e quatro partidas sem vencer na temporada.

A caminhada na Série B vai começar. Sonhar em surpreender não é proibido, mas primeiro o Tricolor tem que garantir a sua permanência, para depois pensar em voos mais altos.

Posts relacionados

Start a Conversation

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*