Dia: 13 de abril de 2018

Eloir é o destaque no primeiro pacote de reforços do Imperatriz

O goleiro Gustavo, o lateral-direito Michel, os meias Cloves e Eloir e o atacante Diego Silva são os primeiros cinco reforços do Imperatriz para a Série D. Do quinteto, Eloir surge com sobras como o destaque da equipe para a Série D e provavelmente chegará para ser um dos titulares, enquanto os demais devem disputar posição com os atuais titulares.

Aos 30 anos, Eloir chega depois de recuperar seu condicionamento no MAC durante o Estadual de 2018. Na temporada, foram nove jogos, um gol e duas assistências. Em 2017, quando retornou aos gramados após uma “aposentadoria” de dois anos, o meia foi prejudicado por lesões e a falta de ritmo, mas ainda assim conseguiu disputar 18 jogos, com um gol marcado, e ajudar o Quadricolor à chegar até as quartas de final da Série D.

Considerando a forma como o Imperatriz jogou durante o Campeonato Maranhense, Eloir deve ser aproveitado mais avançado, como um camisa 10 na equipe comandada por Vinícius Saldanha. No meio-campo, outra opção que chega ao Cavalo de Aço é Cloves, que disputou nove jogos pelo Rio Preto na Série A3 e voltará a trabalhar com o técnico Vinícius Saldanha.

Dentre os jogadores que podem ganhar a titularidade, está o lateral-direito Michel, que defendeu o Cordino no Campeonato Maranhense. Em 2018, o jogador vive uma temporada abaixo das anteriores, quando se destacou pela Onça principalmente na bola parada. Na temporada, marcou apenas um gol em oito jogos.

No ataque, Diego Silva chega para ser opção para a vaga de Adauto e disputar posição com Thaynan. Em seis jogos no Maranhense, defendendo o São José, marcou um gol. Gustavo, reserva do MAC, vira a opção imediata quando Jean, titular do gol do Cavalo de Aço, não puder jogar.

Sampaio tem o segundo elenco mais jovem da Série B

Uma das marcas do técnico Francisco Diá desde sua chegada ao Sampaio é a aposta em contratação de jovens jogadores. O acesso para a Série B não mudou o perfil de atletas que o treinador busca e isso é refletido ao constatar que o Tricolor maranhense tem o segundo elenco mais jovem da Série B, de acordo com o site oGol.

A média de idade do elenco Tricolor é de apenas 24,50 anos, ficando a frente apenas da Ponte Preta, com média de 23,06. O time com a maior média de idade do torneio é o CRB, com 27,91. No geral, nove equipes apresentam elencos com média inferior aos 25 anos: Ponte Preta, Sampaio, Goiás, Atlético-GO, Coritiba, Avaí, Londrina, Oeste e Boa Esporte.

No perfil de reforços adotados por Diá, desde sua chegada ao Sampaio, apenas o zagueiro Fredson (32 anos) e o atacante Isac (31 anos) chegaram acima dos 30 anos. O atacante Isac logo após a Série C deixou o clube e acertou com o Remo, enquanto Fredson é titular da zaga ao lado de Maracás.

Dentre os jogadores contratados para a Série B, o volante Diego Silva, que retorna após quatro meses no Atlético-GO, é o atleta mais velho, com 28 anos. A média de idade das equipes mostra também, que mesmo com a presença de medalhões na Série B, há espaço para jovens jogadores, que devem ser utilizados naturalmente ao longo da temporada.

Em relação a valor de mercado, o elenco do Sampaio é avaliado em apenas 2,05 mi pelo site Transfermarkt. O jogador mais valioso do Tricolor é o volante William Oliveira, avaliado em € 550 mil, enquanto o goleiro Warleson, emprestado pelo Atlético-PR, é o menos valioso, avaliado em € 50 mil.

Média de idade dos elencos da Série B
Ponte Preta 23,06
Sampaio 24,50
Goiás 24,52
Atlético-GO 24,57
Coritiba 24,56
Avaí 24,75
Londrina 24,77
Oeste 24,96
Boa 24,98
Criciúma 25,22
Vila Nova 25,27
Paysandu 25,35
Guarani 25,54
Fortaleza 25,57
Juventude 25,76
Figueirense 25,92
Brasil de Pelotas 26,42
CSA 26,93
São Bento 27,41
CRB 27,91