Mês: janeiro 2018

Sampaio avança e Cordino se despede da Copa do Brasil

Por alguns momentos Sampaio e Cordino chegaram a garantir a classificação simultânea para a segunda fase da Copa do Brasil, mas no apito final somente o Tricolor segue no torneio. O Tubarão superou o Independente-PA, enquanto a Onça acabou ficando no empate com o Náutico, em São Luís.

O Cordino chegou a abrir 1 a 0 diante do Náutico com Ulisses cobrando pênalti. Na etapa final, após uma falta de Wallace Pernambucano, Camutanga empatou o jogo. Eliminação da equipe de Barra do Corda, que segue sem vencer em 2018, acumula seu terceiro empate na temporada e a segunda eliminação.

No interior paraense, o Sampaio contou com um gol de Marlon no primeiro tempo para selar a vitória mínima diante do Independente-PA. Foi a segunda vitória do Tricolor em 2018, que terá pela frente o Paraná ou o URT na segunda fase da Copa do Brasil.

A classificação do Sampaio também garante ao Tricolor mais R$ 600 mil para a sequência de 2018. Antes de voltar as atenções para a Copa do Brasil, o Tubarão terá o clássico contra o Moto pelo Campeonato Maranhense e o Cordino agora foca todas as atenções no Estadual, onde enfrenta o Bacabal.

Os adversários dos maranhenses na Copa do Brasil

A partir desta terça-feira a bola rola na Copa do Brasil, que contará com a participação do Sampaio e Cordino como os representantes maranhenses no torneio. Além da projeção nacional, o torneio é a oportunidade de uma renda extra para os clubes, que já garantem R$ 500 mil pela participação na primeira fase e caso avancem terão conquistado mais R$ 600 mil pela vaga na segunda fase.

O Sampaio chega para a estreia na Copa do Brasil de 2018 embalado pelo acesso para a Série B e com o bom histórico de 2017, quando chegou à terceira fase pela primeira vez. Na primeira fase, o Tricolor terá pela frente o Independente-PA e caso se classifique, deverá enfrentar o Paraná, que encara o URT na abertura da competição.

O Cordino, que disputará o torneio pela primeira vez em sua história, espera contar com uma partida inspirada do trio Michel, Jonas e Ulisses, os melhores jogadores da equipe. Em 2018 a Onça ainda não triunfou nos quatro jogos que disputou, acumulando apenas dois empates e duas derrotas. Caso elimine o Náutico, o time de Barra do Corda terá pela frente o Santa Cruz ou Fluminense de Feira.

Independente-PA: força em casa é a aposta do Galo Elétrico


O Galo Elétrico, que volta a cruzar o caminho do Sampaio, agora na Copa do Brasil, está invicto em 2018. Nos quatro jogos do Campeonato Paraense, fora duas vitórias e dois empates, com destaque para o triunfo por 2 a 0 diante do Remo na segunda rodada. Jogando como mandante, a última derrota do Independente-PA foi na Copa do Brasil de 2017, diante do Paysandu.

Dentro de campo, um dos destaques da equipe comandada por Junior Amorim é o lateral-direito Léo Rosa, que defendeu o Remo em 2017. Titular nos últimos jogos, o lateral é uma das princ ipais alternativas ofensivas do time paraense.

Náutico: em busca de tranquilidade na temporada


Fora de casa o Náutico não faz uma boa campanha em 2018, com dois empates e uma derrota quando atua como visitante. O jogo diante do Cordino acontecerá em campo neutro, já que a equipe de Barra do Corda pediu a transferência da partida para o Castelão, em São Luís.

O meia Wallace Pernmabucano é o artilheiro do alvirrubro em 2018, com quatro gols marcados, dois deles no clássico contra o Sport. Aos 30 anos, o jogador balançou as redes em três dos últimos quatro jogos disputados e deve ser a principal ameaça para a defesa do Cordino no confronto da Copa do Brasil.

Moto 4×1 São José: virada e liderança Rubro-Negra

Lucas Almeida / L17 Comunicação

Uma virada com vitória por 4 a 1 para deixar o Moto na liderança do Campeonato Maranhense. O placar pode até sugerir alguma facilidade, mas o triunfo do Rubro-Negro só foi consolidado nos minutos finais, quando a equipe comandada por Marcinho contava com um jogador a mais e explorou a velocidade para garantir mais três pontos no Estadual.

O início do jogo foi do Moto, que viu Laerte e o travessão impedirem as melhores chances do Rubro-Negro. São José em sua primeira chegada, contou com Matheus Moura criando a jogada para Jadão abrir o placar para o Peixe.

As melhores jogadas do Moto eram pela dire ita geralmente com a parceria Everlan-Diego Renan. Jadão com boas interceptações impedia a chegada do Moto ao ataque. Quando o Rubro-Negro conseguia chegar encontrou um Laerte inspirado que fechou o primeiro tempo com cinco defesas difíceis.

Jefferson centralizado com Jadão abriu espaços para o Moto forçar o jogo pela direita

No segundo tempo, bastaram 15 segundos para André Mensalão empatar o jogo no Castelão. O lado direito seguiu como o principal foco dos ataques do Moto, principalmente após a entrada de Shailison.

Mais uma vez os espaços sobraram na área do São José, quando Bruno Menezes recebeu e virou o jogo. O São José ainda perdeu Jerfferson expulso e com mais espaço no ataque Marcinho apostou na velocidade com Azul Shailason, o que foi o caminho para consolidar a virada do Rubro-Negro, que ainda contou com Jaílson e Rafael Santos marcando mais dois gols no Castelão.

Maranhão e Imperatriz dividem a liderança do Campeonato Maranhense

Raillen Martins / Maranhão

Após tropeçarem na primeira rodada do Campeonato Maranhense, MAC e Imperatriz se recuperam na rodada seguinte. Enquanto o Quadricolor triunfou diante do Cordino, o Cavalo de Aço venceu o Bacabal, fora de casa. Como ambos contam com os mesmos quatro pontos e quatro gols marcados, dividem a primeira colocação do torneio.

No Nhozinho Santos, Eloir precisou de um minuto para colocar o MAC na frente. Dos quatro gols atleticanos no torneio, o meia participou de três, com duas assistências e anotando o tento deste sábado. O problema que o MAC não consegue controlar seus jogos. Jonas, nas duas laterais, criou excelentes oportunidades para o Cordino, mas o empate veio somente com Da Silva, após cobrança de escanteio.

Antes do empate, o goleiro Gustavo ainda defendeu um pênalti cobrado por Alison. Em duas rodadas, já foram três pênaltis cometidos no Campeonato Maranhense. O gol da vitória atleticana saiu com Cris, que anotou o seu segundo tento com a camisa Quadricolor em 2018.

No Correão, o Bacabal até saiu na frente diante do Imperatriz, com gol de Dênis. Na etapa final, Kanu empatou para o Cavalo de Aço e pela terceira vez na temporada, um jogo foi decidido nos acréscimos, com direito ao quarto pênalti do campeonato. Aos 47, Kaká cobrou pênalti e virou o jogo para os visitantes.

A rodada não será completada neste fim de semana por causa do adiamento de Santa Quitéria x Sampaio. Moto e São José tentaram se igualar a MAC e Imperatriz no confronto do domingo, às 16h, no Castelão.

Giro do Nordestão: tropeços do Ceará, a primeira vitória do Bahia e CRB 100% em 2018

A semana foi de folga na Copa do Nordeste e a bola rolou somente nos campeonatos estaduais. A equipe que vive o melhor momento na temporada é o CRB, que venceu as duas primeiras partidas no Alagoano, mantendo 100% de aproveitamento em 2018. Por outro lado, o Bahia se recuperou dos tropeços e o Ceará sobre com uma série de derrotas no Cearense.

O Sampaio, único representante maranhense no torneio, estreou com a vitória e liderança no Campeonato Maranhense. O triunfo por 3 a 0 diante do Bacabal foi comandado pelo atacante Uilliam, autor de todos os gols do jogo.

No Nordestão, quando retornar aos gramados, o Sampaio contará com a presença da torcida diante do Salgueiro. Por causa de objetos arremessados em campo na semifinal da Série C de 2017, diante do Fortaleza, o Tricolor foi punido com um jogo de portões fechados e o recurso do time foi rejeitado pelo STJD.

Ceará: tropeços e em baixa no Cearense
Depois do bom início na temporada, com vitórias tranquilas diante do Salgueiro e Guarani de Juazeiro, o Ceará sofreu duas derrotas no Campeonato Cearense. Diante do Iguatu, quando atuou com a equipe considerada reserva, o Vozão até saiu na frente, mas cedeu a virada e perdeu por 2 a 1.

Na quarta-feira, na disputa da Taça dos Campeões, diante do Floresta, estreante na elite do futebol cearense, o Vozão foi surpreendido. Começou perdendo, pressionou e só aos 46 do primeiro tempo conseguiu o empate. A pressão foi mantida, mas o goleiro Mauro fez boas defesas e Dim acertou um golaço recolocando o Floresta na frente. Ainda teve tempo para o terceiro da equipe estreante na elite do futebol cearense. Em quatro jogos, o Vozão balançou as redes, mas também viu os adversários chegarem ao seu gol em oito oportunidades.

CSA: aposta no herdeiro de Marcelinho Carioca e goleada no Alagoano
Depois da estreia com empate diante do Sampaio, o Azulão voltou a ficar na igualdade do placar diante do Santa Rita, em 2 a 2, na sua estreia no Campeonato Alagoano. Na segunda rodada, diante do Murici, o CSA goleou por 4 a 0 e encerrou uma sequência de três jogos sem vencer jogando no Rei Pelé.

No mercado, o destaque da semana do CSA fica por conta do acerto com o meia Lucas Surcin, filho de Marcelinho Carioca. Aos 24 anos, o jogador está longe de ter uma carreira comparável com a de seu pai e conta com passagens pelo São Caetano, Marília Vitória das Tabocas e iniciou o ano no Gama, que conta com a presença do zagueiro pentacampeão Lúcio.

Salgueiro: ataque enfim funciona em 2018
No terceiro jogo da temporada, o Salgueiro enfim marcou seu primeiro gol em 2018. Maurício abriu o placar para o Carcará no contra o América-PE, mas o time do interior pernambucano não conseguiu segurar a vitória e saiu de campo com apenas um ponto.

Nos três jogos disputados até agora, este foi o segundo empate do Carcará. No Campeonato Pernambucano a equipe ocupa a sétima posição com dois pontos e volta a campo para encarar o Belo Jardim no próximo domingo.

CRB: Perfeito no Alagoano e chegada de Willians para o meio-campo
Com o rodízio implantado pelo técnico Mazola Junior, o CRB começa o Campeonato Alagoano com duas vitórias seguidas. Na primeira rodada goleada por 4 a 0, com direito a três gols de Neto Baiano e na segunda partida, triunfo por 2 a 1 para manter o Galo na liderança do Estadual.

Dentre os reforços, destaque para a chegada do volante Willians, de 31 anos. Após disputar apenas 10 jogos pelo Goiás em 2017, o jogador chega ao Galo como uma das opções para integrar o meio-campo durante a temporada.

Bahia: a primeira vitória na temporada
As duas primeiras partidas foram marcadas por duas derrotas de 1 a 0, respectivamente, diante do Botafogo-PB e do Bahia de Feira. Na segunda rodada do Campeonato Baiano, enfim o Bahia alcançou o primeiro triunfo de 2018, vencendo o o Jacuipiense por 2 a 1, com gols de Vinícius e Tiago.

A equipe comandada por Guto Ferreira ainda tenta reforçar o elenco no início da temporada e uma das negociações é para o retorno de Allione, que disputou 43 jogos pelo Tricolor Boa Terra em 2017. O Bahia tenta um novo empréstimo do meia de 23 anos, que não será aproveitado pelo Palmeiras em 2018.

Vitória: Rhayner volta ao Leão e Trellez na mira do São Paulo
O Vitória é um dos clubes com maior atividade no mercado após a bola rolar. Entre as chegadas, destaque para o retorno do atacante Rhayner, campeão japonês com o Kawasaki Frontale. Aos 27 anos, o atacante retorna ao clube baiano após três anos, período no qual também teve uma passagem na Ponte Preta.

No ataque, Trellez segue movimentando o mercado, agora sob o interesse do São Paulo. Já há um acordo do jogador com o clube paulista, que agora tentará sua liberação do Vitória. No Campeonato Baiano, depois do empate em 2 a 2 com o Juazeirense na estreia, o Leão venceu o Vitória da Conquista por 2 a 0.

Botafogo-PB: entre empates e vitórias
Sob o comando de Leston Junior o Botafogo-PB mantém uma rotina curiosa: empate, vitória, empate, vitória. Foi assim nos quatro primeiros jogos, com direito a um triunfo por 4 a 1 diante do Desportiva, com dois gols de falta de Marcos Aurélio.

A partida contra o Desportiva foi o primeiro jogo na temporada em que o Botafogo-PB marcou mais de um gol no jogo. Por outro lado a equipe sofreu gols em três das quatro partidas no ano, passando zerado apenas na vitória por 1 a 0 diante do Bahia, no Nordestão.

Uilliam marca três gols em um jogo pela primeira vez na carreira

A vitória por 3 a 0 diante do Bacabal deixou o Sampaio na liderança do Campeonato Maranhense e rendeu ao atacante Uilliam o primeiro triplete de sua carreira. Revelado pelo Fortaleza, foi a primeira vez no futebol profissional, em que o atacante marcou três gols em uma única partida.
Além do feito inédito na carreira, Uilliam igualou sua marca de gols em 11 jogos pelo Altos, quando anotou os mesmos três gols no clube piauiense. Em 2017, sua primeira temporada no Sampaio, foram apenas quatro gols em 16 partidas disputadas.
Diante do Bacabal, Uilliam foi a referência do Sampaio no ataque, o que pode ser uma alternativa durante a temporada de 2018. Em sua carreira, desde 2014, conta com 62 jogos disputados, sendo 33 pelo Fortaleza, 11 pelo Altos e 18 pelo Sampaio. No total são apenas 13 gols marcados, com um pela equipe cearense, três no futebol piauiense e sete pelo Tricolor.

 

Nome
Uilliam
Nacionalidade
bra Brasil
Posição
Atacante
Time Atual
Sampaio Corrêa
Aniversário
10 de novembro de 1994
Idade
23

 

Campeonato Maranhense

TemporadaClubeJogosMinutosGolsAssistsAmarelosVermelhos
2017Sampaio Corrêa72781100
2018Sampaio Corrêa64827010
Total-137608110

Copa do Brasil

TemporadaClubeJogosMinutosGolsAssistsAmarelosVermelhos
2018Sampaio Corrêa43601000
Total-43601000

Copa do Nordeste

TemporadaClubeJogosMinutosGolsAssistsAmarelosVermelhos
2018Sampaio Corrêa129564021
2019Sampaio Corrêa1901000
Total-1310465021

Série B

TemporadaClubeJogosMinutosGolsAssistsAmarelosVermelhos
2018Sampaio Corrêa2415433130
Total-2415433130

Série C

TemporadaClubeJogosMinutosGolsAssistsAmarelosVermelhos
2017Sampaio Corrêa93823000
Total-93823000

Total da Carreira

TemporadaJogosMinutosGolsAssistsAmarelosVermelhos
2017166604100
201846334115161
20191901000
Total63409120261

Sampaio 3×0 Bacabal: Uilliam decide e Tricolor é o único a vencer na abertura do Maranhense

Lucas Almeida / L17 Comunicação

Em um jogo totalmente controlado, o Sampaio venceu o Bacabal por 3 a 0 no fim da rodada de abertura do Campeonato Maranhense. Uillian marcou os três gols do triunfo tranquilo do Tricolor que começa o Estadual na liderança, enquanto o Bacabal se mostra um sério candidato ao rebaixamento.

Como esperado o Sampaio controlou o jogo desde os minutos iniciais. Dessa vez Uilliam teve mais liberdade jogando avançado com Rato e Bruno nas pontas doando o suporte para os avanços dos laterais.

Com o Bacabal estático, as melhores chances do Sampaio eram pelo melo. Foi com uma finalização no setor que Uilliam abriu o placar no primeiro tempo. Dentre os laterais destaque para Junio Rocha que era quem mais avançava na primeira etapa.

No segundo tempo o cenário do jogo foi mantido. Uilliam ampliou para o Sampaio, faturando seu segundo gol no jogo.

O Bacabal conseguiu chegar apenas com faltas levantadas na área, mas sem perigo para Andrey. No fim o triunfo do Sampaio foi confirmado sem sustos, com direito a mais um gol de Uilliam, que fechou o jogo com os três gols da partida.

Rodada dos empates no Campeonato Maranhense

A rodada de abertura do Campeonato Maranhense (que ainda está pendente do confronto Sampaio x Bacabal) foi marcada pelos empates. Nos três jogos do torneio, todos terminaram com os placares igualados e um total de 10 gols anotados.

No primeiro jogo do Estadual, Jefferson Araújo e André Penalva, cada um com dois gols, definiram o empate em 2 a 2 entre Moto e Imperatriz. Um dado curioso é que no primeiro tempo, nos três chutes que foram na direção do gol, foram convertidos em gols.

No domingo, o MAC até começou bem contra o São José, com Cris e Válber abrindo o placar. O problema foi o péssimo jogo do goleiro Fábio, que cometeu um pênalti e ainda foi expulso após uma falta desnecessária fora da área. Tim Marco descontou para o Peixe Pedra e Diogo garantiu o empate para o Peixe Pedra no minuto final.

No outro jogo do fim de semana, Ulisses começou o Maranhense marcando o primeiro gol do Cordino. Assim como em São José de Ribamar, o Santa Quitéria empatou a partida aos 45 do segundo tempo com Clessione.

Jefferson (Moto) e André Penalva (Imperatriz) ficam como os artilheiros do torneio na rodada de abertura. Sampaio x Bacabal fecham os quatro primeiros jogos na terça-feira, às 20h30.

CSA 1×1 Sampaio: empate amargo, mas ponto importante na estreia do Nordestão

O gol de empate aos 44 do segundo tempo, certamente foi cruel para o Sampaio. Apesar disso, o resultado de 1 a 1 fora de casa diante do CSA é um bom resultado para o início da caminhada do Tricolor na Copa do Nordeste.

Diferente de 2017, o Sampaio não assumiu uma postura ofensiva nos 20 minutos iniciais do jogo, como fez durante a Série C. O gol Tricolor veio com uma das alternativas mais exploradas pelo time comandado por Francisco Diá, a saída de bola pelas pontas após o meio-campo. No contragolpe, Reginaldo explorou o corredor esquerdo e Bruno Moura aproveitou para abrir o placar.

Curiosamente Bruno Moura ganhou a titularidade dias antes da estreia do Tricolor na Copa do Nordeste. O lateral, que atuou como ponta, assumiu a vaga de Uilliam, que não teve bons jogos na pré-temporada.

Andrey teve bastante trabalho e mostrou porque é o principal reforço do Sampaio em 2017, com três defesas difíceis durante o jogo. O problema é que aos 44 minutos, mais uma vez com a bola aérea, César Sampaio errou em sua marcação e a bola sobrou limpa para Bruno Veiga empatar o jogo.

A primeira rodada foi dentro do esperado no grupo B, com o Ceará confirmando o favoritismo diante do Salgueiro, enquanto CSA e Sampaio mostraram que estão no mesmo nível. O Tricolor conquista um ponto importantíssimo fora de casa, contra aquele que deve ser o real adversário pela segunda vaga do grupo nas quartas de final do torneio.

Eloir precisa de uma boa temporada no MAC para consolidar retorno aos gramados

Em 2017, Eloir retomou sua carreira nos gramados após uma aposentadoria precoce durante dois anos. Como esperado a primeira temporada foi com altos e baixos, mas agora em 2018, voltando a participar de uma pré-temporada completa e com a preparação igual à dos seus companheiros de time, o meia terá até maio os meses para consolidar de vez seu retorno e ajudar o time atleticano com objetivos coletivos.

Em 2017, antes de entrar em campo, Eloir chegou a ser anunciado pelo Moto, mas como não houve um acerto final com o Rubro-Negro, o meia acabou perdendo todo o mês de janeiro. Em fevereiro, quando se apresentou ao MAC, logo em seu primeiro jogo, sofreu uma lesão que o tirou dos campos por um mês. Sinais do longo período parado e o retorno com o Campeonato Maranhense em andamento.

Mesmo com o andamento da temporada, Eloir esteve longe do seu auge físico, o que teve impacto direto em seu rendimento dentro de campo. Mesmo com uma maior liberdade ofensiva, o meia marcou apenas um gol na temporada, com 18 jogos disputados, número semelhante ao de sua carreira no Ceará que durou apenas 19 jogos e com um gol marcado.

Em 2018 com o preparo físico melhor e com a realização completa da pré-temporada, Eloir tende a ser o líder do meio-campo do MAC. Naturalmente haverá uma disputa por esse posto com o experiente Valber, de 36 anos, que chega ao clube atleticano após uma baixa temporada pelo Moto, onde anotou três gols em 23 jogos.

A realização de um bom Estadual para Eloir é fundamental para que o atleta consiga sequência em outro clube no segundo semestre, seja emprestado ou negociado definitivo. Acima de metas individuais, também há a necessidade do MAC voltar a conquistar um título Estadual. Responsável por quebrar a hegemonia do Sampaio em 2013, o Quadricolor está há cinco anos sem levantar uma taça.

Nome
Eloir
Nacionalidade
bra Brasil
Posição
Meia
Time Atual
Sampaio Corrêa
Times Anteriores
Imperatriz, Maranhão
Aniversário
7 de setembro de 1987
Idade
31